• #1 NetSpot
  • Levantamento de Locais, Análise e Solução de Problemas WiFi
  • 4.8
  • 969 Avaliações de usuários

Interferência de Radiofrequência: Nêmesis de WiFi

Para evitar alguns dos problemas mais comuns de WiFi, é importante que você entenda o que é a interferência de RF e saiba como minimizá-la.
escolha preferida
  • NetSpot
  • Levantamento de Locais, Análise e Solução de Problemas WiFi
  • 4.8
  • 969 Avaliações de usuários
Uma interferência grave de RF pode tornar uma rede WiFi completamente inútil e deixar seus usuários muito infelizes.

O que é a interferência de RF?

Uma interferência de radiofrequência nada mais é que a presença de sinais indesejados no espectro de radiofrequência usado pelas redes WiFi (geralmente 2,4 GHz e 5 GHz). Esses sinais indesejados são normalmente transmitidos por outros dispositivos eletrônicos que usam as mesmas ondas de rádio que as redes WiFi.

Devido à interferência de RF, pontos de acesso WiFi e usuários podem ficar impossibilitados de transmitir dados, reduzindo sua taxa de transferência e causando atrasos e degradação do desempenho.

Como tal, é importante eliminar proativamente a interferência de RF, reduzindo as fontes e projetando uma rede WiFi para acomodar certos tipos de interferência.

Quais são as causas da interferência de RF?

As causas mais comuns de interferência de RF são:

Scanner de interferência de RF capaz de descobrir o canal WiFi em uso
  • Outras redes WiFi: Atualmente, a maioria das redes WiFi usa a banda de 2,4 GHz, que é dividida em vários canais, dos quais apenas três não se sobrepõem. Quando duas ou mais redes WiFi transmitem no mesmo canal, ocorre a chamada interferência de co-canal. Quando duas ou mais redes WiFi transmitem em canais adjacentes, ocorre a chamada interferência de canal adjacente. Ambos os tipos de interferência WiFi são ruins e devem ser evitados. Use scanner de interferência de RF capaz de revelar qual canal a rede WiFi está utilizando.
  • Fornos micro-ondas: nem todos os fornos micro-ondas são assassinos de WiFi, mas alguns modelos são capazes de emitir sinais de interferência que ocupam toda a banda de 2,4 GHz a até 8 metros de distância. Como os fornos de micro-ondas emitem sinais de interferência apenas quando estão em uso, a medição de seu impacto pode ser problemática, mesmo com um detector de interferência eficiente. O mais importante é nunca colocar um forno de micro-ondas próximo a um roteador WiFi.
  • Telefones sem fio: a maioria dos telefones sem fio usa as bandas de 900 MHz, 2,4 GHz e 5 GHz, sendo os telefones sem fio de 2,4 GHz os mais comuns. A boa notícia é que os telefones sem fio estão gradualmente se tornando obsoletos, substituídos por telefones celulares e telefones VoIP, de modo que seu impacto nas redes WiFi geralmente não é drástico.
  • Dispositivos Bluetooth: ao contrário dos telefones sem fio, o número de dispositivos Bluetooth em uso tem aumentado rapidamente, impulsionado pela crescente popularidade da Internet das Coisas e de dispositivos domésticos inteligentes. Hoje, a conectividade Bluetooth está presente em tudo, desde fones de ouvido e alto-falantes até a relógios e monitores de saúde, smartphones, tablets e muito mais. Os dispositivos Bluetooth usam a banda de 2,4 GHz, pulando sobre transmissões 802.11 e, às vezes, esbarrando nelas (especialmente quando se trata de redes mais antigas de 2.4ghz 802.11b).

Outras fontes menos comuns de interferência de RF incluem câmeras de vídeo, babás eletrônicas, linhas de transmissão de energia, trilhos de trem elétricos e operadores diretos de satélite.

Como Minimizar ou Eliminar a interferência de RF?

A eliminação da interferência de RF requer não apenas uma boa compreensão de suas causas, mas também uma abordagem estruturada suportada pelo software de planejamento de RF.

A maioria dos fornecedores de equipamentos WiFi aconselha os usuários que estão enfrentando problemas com a interferência de RF a simplesmente mudarem para um canal WiFi diferente, um que esteja menos ocupado. Embora seja sólido na teoria, esse conselho geralmente falha na prática e não entrega os resultados desejados. Isso porque existem apenas três canais WiFi que não se sobrepõe na banda de 2.4 GHz.

Além disso, a mudança para um canal WiFi diferente apenas resolve a interferência de RF contínua produzida por outras redes WiFi. Para garantir um desempenho impecável, também é necessário lidar com interferências de RF intermitentes, melhorando a chamada Relação Sinal-Ruído (SNR) — uma medida usada em ciência e engenharia que compara o nível de um sinal desejado com o nível do ruído de fundo.

eliminando fontes de interferência de RF

Há duas maneiras de melhorar o SNR: diminuindo a interferência ou o aumentandoganho do sinal. A primeira pode ser realizada eliminando o maior número possível de fontes de interferência de RF ou, em alguns casos, usando a banda de 5 GHz. A segunda pode realizada aumentando a potência ou a densidade dos pontos de acesso WiFi.

Independentemente da abordagem escolhida, um scanner de interferência de RF deve ser usado para coletar informações de apoio e para ajudar a determinar a melhor ação possível a ser tomada para minimizar ou eliminar a interferência de RF. Isso pode ser alcançado com a ajuda de uma ferramenta WiFi ideal para interferência de RF.

Como verificar a interferência de RF com o NetSpot?

O NetSpot é um scanner profissional de interferência WiFi para macOS e Windows, usado por engenheiros e usuários domésticos para visualizar, gerenciar, solucionar problemas, auditar, planejar e implantar redes WiFi.

Ele oferece mais de 15 tipos de visualizações do mapa de calor para ajudar você a analisar e solucionar problemas de redes WiFi. As visualizações incluem dados como taxa de sinal-ruído (somente macOS), nível de sinal, qualidade dos pontos de acesso, nível de ruído (somente macOS), sinal-interferência taxa, cobertura da banda, cobertura do modo PHY, taxa de transmissão wireless e muito mais.

Visualizações do mapa de calor

Com as visualizações do NetSpot fica fácil descobrir fontes de interferência de RF e áreas de fraqueza do sinal, também chamadas de zonas mortas ou pontos cegos. Além disso, é possível descobrir exatamente que tipo de equipamento obter e onde instalá-lo para eliminar a interferência de RF.

PORTANTO, NÓS RECOMENDAMOS
NetSpot
Levantamento de Locais, Análise e Solução de Problemas WiFi roda em MacBook (macOS 10.10+) ou em qualquer laptop (Windows 7/8/10) que tenha um adaptador de rede sem fio padrão 802.11a/b/g/n/ac.
  • 4.8
  • 969 Avaliações de usuários
  • #1
  • Levantamento de Locais, Análise e Solução de Problemas WiFi

  • 500K
  • Usuários
  • 6
  • Anos
  • Plataforma Cruzada
  • Mac/Windows

Além da variedade de visualizações do mapa de calor, o NetSpot oferece muitos outros recursos que o tornam uma das melhores soluções de software de detecção de interferência de RF do mercado. Possui funções como um construtor de relatórios personalizável em nível empresarial, compartilhamento de dados de pesquisa entre projetos, posicionamento preditivo automático do PA em múltiplos pavimentos, editor gráfico básico para mapas rápidos da área, além de salvamento automático de projetos, apenas para citar alguns.



O NetSpot funciona em qualquer MacBook que rode macOS 10.10+ ou laptop com Windows 7/8/10 que possua uma placa de rede sem fio no padrão 802.11a/b/g/n/ac. Com o NetSpot, a interferência de RF se torna um problema simples de resolver. Para você começar é muito fácil, graças ao período de avaliação completo e sem riscos do NetSpot PRO.

Tem mais perguntas?
Envie uma solicitação ou escreva algumas palavras.

Leia o próximo em Tudo sobre Wi-Fi

Se você quer ir mais fundo no mundo WiFi, confira os seguintes artigos sobre segurança WiFi, melhores aplicativos para redes sem fio, WiFi de bordo, etc.
Adquira o NetSpot de Graça
Levantamento de Locais, Análise e Solução de Problemas WiFi roda em MacBook (macOS 10.10+) ou em qualquer laptop (Windows 7/8/10) que tenha um adaptador de rede sem fio padrão 802.11a/b/g/n/ac.