As Redes Mesh são a solução para os problemas de Wi-Fi

Com a constante expansão das redes de computadores, o modelo com um único roteador deixou de funcionar como deveria, pois, ele não consegue mais dar cobertura a todas as nossas necessidades modernas. Queremos nos movimentar pelo ambiente enquanto usamos nossos dispositivos e vemos conteúdo em streaming, contudo, com o padrão atual, assim que nos afastamos do roteador, o nível do sinal se degrada cada vez mais até que chegue ao ponto de não pegar mais sinal nenhum, ou seja, entremos numa zona morta WiFi. Para casos assim, a rede mesh poderá ajudá-lo a organizar melhor o seu sinal WiFi e distribuí-lo uniformemente pelo ambiente.

O que é rede mesh e como ela funciona


A rede mesh sem fio consiste em nós (pontos) de rádio organizados em uma topologia mesh (em malha). As redes mesh sem fio são compostas de clientes, roteadores e gateways mesh. Eles distribuem o sinal de Wi-Fi de forma uniforme e sólida em torno de sua casa ou escritório.

Em redes mesh, os roteadores mesh se conectam entre si e enviam o sinal WiFi de um para outro, bem como, para a área que os rodeia. Basicamente, é como um cobertor de retalhos que cobre todo o espaço.

Se o seu telefone estiver conectado ao roteador mesh A e está tentando se comunicar com o modem a cabo conectado ao roteador C, o roteador mesh B, que fica entre ambos, irá fornecer uma melhor comunicação.

Estes pontos intermediários são chamados de "saltos" ou "hops" da rede mesh. Cada salto introduzirá certo nível de atraso, por esta razão é ideal que o número de saltos seja minimizado, por exemplo, encontrando o ponto mais direto entre eles. Quando você tem roteadores mesh suficiente, se por algum motivo um deles ficar offline, o sinal poderá encontrar o seu caminho, graças aos nós alternativos.

Como funciona a rede mesh?

Cada fabricante de roteador (Eero, Luma, Netgear Orbi, Google WiFi) tem suas próprias características, porém há uma coisa que certamente todos têm em comum: eles prometem eliminar as zonas mortas de WiFi ao cobrirem todo o ambiente com um sinal Wi-Fi uniformemente distribuído. Todos eles possuem um visual bacana, são fáceis de configurar e muito convenientes.

Rede Mesh vs. Extensores WiFi


Se você tem um grande espaço que não pode ser coberto com um único e poderoso roteador, se não há a possibilidade de instalar um roteador centralizado, se não pode passar cabos Ethernet por todo o lugar ou ainda as paredes do local sejam feitas de materiais grossos que provocam interferências, a solução ideal é implementar uma rede mesh.

A rede mesh possui uma característica de auto reprodução muito boa: mesmo que um ou mais nós não estejam funcionando ou sejam removidos, a rede mesh poderá redistribuir os dados através de outro canal. Além disso, sempre que um novo nó é adicionado, a rede mesh pode descobrir e configurar o novo dispositivo.

Na maioria das vezes um bom kit de rede mesh irá corrigir todos os problemas de zonas mortas da WiFi e também fornecerá um sinal igual por todo o ambiente. O melhor é que a rede é muito fácil de ser configurada. No entanto, ela não torna o seu sinal de rede mais rápido. É claro que a Internet vai parecer estar mais rápida devido aos múltiplos pontos de acesso e dispositivos que poderão encontrar o melhor e mais rápido sinal para se conectarem. Uma rede com múltiplos pontos de acesso pode também lidar melhor com uma maior quantidade de dispositivos conectados a ela do que uma rede com um único roteador Wi-Fi. No entanto, vários lugares como casas unifamiliares e pequenas empresas não têm tantos dispositivos conectados ao mesmo tempo na rede.

Um Extensor WiFi é uma boa opção para a sua rede existente de roteador único antes de partir para a implementação de uma rede mesh. Fazer tal instalação custará menos do que se livrar do seu equipamento antigo e investir em um kit de rede mesh. O kit de rede mesh mais barato custa cerca de U$ 400,00 e, às vezes, pode ser um gasto desnecessário.

Aqui você pode encontrar mais informações sobre redes mesh, sua finalidade e como ela pode ser útil para você.

Para ver se existem zonas mortas de Wi-Fi em sua casa ou escritório, use o NetSpot - app de levantamento e análise de rede sem fio - para ajudá-lo a gerenciar sua rede WiFi de maneira eficiente.


Você tem mais perguntas? Fazer uma pergunta.
nsWinImageWhite

A versão para Windows está aqui!

O NetSpot ajuda a analisar, melhorar e solucionar problemas de sua rede Wi-Fi.
Baixe o aplicativo gratuito para análise Wifi

A seguir em Planejamento WiFi


Outros Artigos

Comece agora com NetSpot
Funciona em qualquer MacBook (macOS 10.10+) ou qualquer laptop (Windows 7/8/10)
com um adaptador de rede sem fio padrão 802.11a/b/g/n/ac wireless network adapter.
★★★★
Classificação de 4.8 com base em 957 avaliações de usuários
Versão 2.10 • Envie seu comentário